Espaço Fundación Telefonica e as suas exposições!

Escadas de acesso aos andares

Escadas de acesso aos andares

Se tens uma tarde livre (ou algumas horas) e não sabes o que fazer, o Espacio Fundación Telefonica é um espaço que eu aconselho vivamente!
Conheci-o há pouco tempo e fiquei deliciada com as exposições que encontrei. Na altura fui para ver a “famosa” (por estes lados) exposição ‘Big Bang Data e acabei por percorrer todo o edifício e ver outras exposições bastante interessantes. A minha favorita foi a de Jim Campbell! Continuar a ler

Essential Flamenco – Espectáculo de Flamenco no centro de Madrid

essential flamenco madrid centro espectaculo

Entrada

Depois de quase 2 anos em Madrid, parece impossível que nunca tenha assistido a nenhum espectáculo de flamenco por aqui. Parece impossível, mas é verdade!

Felizmente há pouco tempo recebi um convite para conhecer o tablao Essential Flamenco, situado na Calle de la Cruz 26 mesmo ao lado da Porta do Sol, e aceitei-o. Continuar a ler

Exposição “Lego architecture: construye tu ciudad”

Desde o dia 14 de Março e até 5 de Abril a FNAC da Praça de Callao acolhe uma exposição de Legos! É isso mesmo!! Uma exposição que conta com 31 edifícios europeus bastante conhecidos, construídos apenas com Legos. Perfeita para os amantes desta peças que povoaram a nossa infância/adolescência/vida.

exposição lego exposicao madrid callao fnac

Estação del Norte na montra da FNAC

Continuar a ler

Templo de Debod

Pano_0061

Nem todas as pessoas que vêm a Madrid passam pelo Templo de Debod. Por estar um pouco mais afastado da rota turística, muitas vezes é deixado de fora. Talvez por preguiça, talvez por desconhecimento, ou se calhar porque – como diz a minha tia – “para quem já foi ao Egipto, isto não é nada…”.

Qualquer uma destas razões é válida, se bem que eu acho uma tontería não visitar este pedaço de história tão importante. E é por esse motivo que o incluo sempre no meu Roteiro Turístico de Madrid! Continuar a ler

Os muros da Tabacalera

4567

Quem conhece a Tabacalera sabe que a toda a volta existiam aqueles muros cinzentos e feios, que davam um aspecto um pouco degradado a todo o complexo.
Durante o mês de Maio, e enquanto passava por ali, vi que estavam a fazer uma intervenção aos muros e que vários graffiters/artistas os estavam a pintar. Estiveram ali uns bons 7 dias e isso atraiu muitos curiosos à Glorieta de Embajadores e à Calle Miguel Servet. Ainda tive a oportunidade de ver um deles a acabar a obra e a assiná-la, mas sinceramente não fazia ideia do porquê de tal intervenção.

Continuar a ler